Rosana Gimael Blogueira

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

"CIRANDA DO AMOR"



Era uma vez uma mulher que cruzou inusitadamente o caminho de um homem.
Uma mulher pronta pra esquecer o passado ruim. Um homem sem medo de se apaixonar novamente. Ambos malsucedidos no último relacionamento. Ambos com corações doloridos.
E ,entre olhares e mensagens, em dois meses os dois estavam juntos.
E essa mulher apresentou a ele novos horizontes.
E esse homem apresentou a essa mulher novas formas de sentir.
E eles se propuseram o “trato do amor livre".
E os dois juntos entraram em sintonia física, mental  e espiritual.
E foram dias e noites reveladoras - entre sol, chuva, lua, estrelas, nas quatro estações, durante três outonos, em cenários paradisíacos.
E eles se fizeram felizes.
Até um dia em que pintaram as diferenças
E o antigo “trato do amor livre” se desfez.
Ela subverteu seus valores.
Ele subverteu seus princípios.
E ela viu-se perdida de amor.
E começaram as cobranças que deram nó na cabeça dele.
E ele começou a entender que ela fora um engodo.
E ela entendeu que ele era livre demais
E que ambos não aguentariam o tranco.
E a insegurança dela  tornou-o confuso.
E ela depositara nele expectativas infundáveis.
E ele percebeu o ponto fraco dela e deleitou-se.
E ela negou-lhe amor, ironicamente cega de amor por esse homem-peça do Destino?
Um dia ele se cansou de tanta incoerência e das “desfeitas” daquela mulher
Foi-se embora
E deixou-a a ver navios.
Declarou-se ele, logo depois e publicamente,  em redes sociais ao seu novo, único e último amor.
E ele deixou claro o tamanho de sua nova paixão.
E eis que a “ex “ , quando desse rompante tomou conhecimento, tornou-se a pior das criaturas.
Começou a espernear, a chantagear, a cobrar atitudes
Daquele homem-personagem que ela  criara.
E começou literalmente a infernizar o novo casal.
Um dia, ao cobrá-lo de uma suposta  dívida,
Teve uma resposta fatal:
“Quero vê-la maravilhosamente bem, mas beeeeeeem longe de mim”!
E ela - em estado de choque - entendera que ele nunca a amara
Apesar da bondade e generosidade daquele homem, das gentilezas dele, das noites ardentes, dos dias luminosos, dos planos deles  etc  e tal.
E anunciou a ele, em noite sábia, que o perdoava  por não atender às expectativas dela.
E com linda, tocante  e convincente mensagem a ele, virou ela a página.
E ela o deixou  em paz para seguir livre, sem nenhum tipo de amarra ou dívida com ela.
Isso depois de ela ter aprontado tudo o que pôde, sem escrúpulos e com o coração esmagado.
E, desde então, ele se tornou um homem sem amarras, um ser absolutamente feliz e a cada dia mais apaixonado pela nova mulher.
Tornou-se ele um menino descobrindo o seu primeiro, único e último amor
E seguiu ele em frente, sem olhar para trás
E  sem mais nenhuma palavra com a mulher do passado sombrio.
E ela seguiu com um novo amor que tudo por ela faz.
E ela segue com aquele homem do passado no corpo, na alma, no coração.
E ela ouve as palavras quentes  do homem do passado- o mestre do ponto G dos ouvidos femininos- ao pé da cama.
E ela sente o calor dele todas as noites como sempre o sentira , mesmo quando não demonstrava por ele o amor desmedido que tinha, ressentida que estava com suas atitudes.
E ela se vê  agora enternecida no meio da madrugada olhando para o seu novo "amor" ao seu lado
Dormindo serenamente e nela enroscado.
E ela sussurra nos ouvidos desse homem  palavras de amor
Tomada pelo outro  em pensamentos, sombras deliciosas do passado, que insistem e persistem em visitá-la a despeito de tudo o que se passou.
Ela não mais pensa, apenas sente ondas de amor invadindo seu corpo, sua alma, seu coração.
E ela sente as tais ondas invadindo também o corpo, a alma, o coração daquele homem do passado que -temporariamente- está longe dela.
E essa mulher sente coisas que só as mulheres sabem e sentem.
E ela nem quer saber se amanhã de manhã alguém virá dizer o quão linda foi  a última postagem dele para com a sua nova paixão.
Porque ela sabe que é uma questão de tempo:  mais dia, menos dia estarão juntos, inaugurando uma nova fase, prontos os dois para uma nova história. Nem que seja em outro plano.
Ela sente que  o que for de verdade, será para sempre.
Ela apenas sente que  os enganos, as sombras se dissiparão.
E tudo passará.
Tudo se fará sentir.
E eles se reinventarão.
E tudo se fará Luz.