Rosana Blogueira

domingo, 18 de janeiro de 2015

MERGULHANDO NA NUVEM



Eu, você e o infinito

O mar é a minha morada
As estrelas, o meu teto
O sol , o meu sal.
O mar traz você
Naquela onda forte na pedra a quebrar
No silêncio da tarde
Em mim a desaguar
O mar transmuta
Alma rebelde em pleno amar...

Preamar.
Malicioso, Baco me confunde
Brincalhão, Posêidon me instiga a sonhar
Cúmplice, a areia fina abriga desejos alheios
Há em mim apenas um silêncio
A levitar no ar...
No infinito azul
Em flocos esparsos
A nuvem traz
O desenho do teu rosto
Teus olhos tua barba tua boca
Pra mim.
O vento me corteja
E leva até você
A nossa canção.
Então o azul se faz vermelho
Dentro de mim.
Mareamor Amoremar Marmorada Maramado Amorado...
No firmamento
Nuvem gris
PRAIA DA FERRUGEM-GAROPABA-SC,  FOTO DE   MICHEL BECHARA
Agora desfocada de mim.
Ao meu redor
Mar eucaliptos rochas dunas.
E você
É apenas uma miragem na praia deserta
Nas cores e flores de abril
Em uma tarde fria de abril.